O Livro da Vida

Há várias alusões ao livro da vida no Antigo Testamento. O salmista fala do “livro dos vivos” (Sl 69.28) de modo a entendermos que se trata de um livro que contém os nomes das almas de todos os homens. Também é mencionado como o livro de Deus, o Pai, em Êxodo 32.32,33, que registra todos os que Deus criador criou. É, portanto, o livro dos vivos, tal como o registro civil de qualquer município hoje em dia, porém mais importante porque, como indica o salmo 139.16, há mais do que nossos nomes ali registrados.

Há várias maneiras pelas quais uma pessoa pode ter seu nome retirado do livro da vida. Êxodo 32.33 diz: “…Aquele que pecar contra mim, a este riscarei do meu livro”. É possível, portanto, ter o nome riscado do livro da vida por causa do pecado.

Apocalipse 3.5 promete: “O que vencer será vestido de vestes brancas, e de maneira nenhuma riscarei o seu nome do livro da vida”. Um “vencedor” aqui é a pessoa que foi vestida com as vestes brancas de Cristo por meio de Sua expiação substitutiva, garantindo que seu nome não será riscado do livro da vida.

Há ainda outro meio pelo qual uma pessoa pode ter seu nome apagado do livro da vida. Apocalipse 22.19 explica: “e se alguém tirar quaisquer palavras do livro desta profecia, Deus tirará a sua parte do livro da vida, e da cidade santa, e das coisas que estão escritas neste livro”. Esta severa advertência é dirigida a falsos mestres que procuram destruir a verdade profética da Palavra de Deus. Tais pessoas terão seus nomes riscados do livro da vida quando morrerem fisicamente.

Quando nascemos, nossos nomes são automaticamente registrados no livro da vida, e ali permanecem enquanto vivermos. Quando morremos, se tivermos pecado (e todos pecamos) e não tivermos sido redimidos pelo Cordeiro, e/ou se tivermos eliminados qualquer das palavras da Sua profecia, Deus riscará nossos nomes do livro da vida.

Apocalipse 13.8 nos fala de um livro semelhante, o “livro da vida do Cordeiro”. O Cordeiro aqui mencionado é Jesus Cristo, o “cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo” (Jo 1.29). O livro da vida do Cordeiro é aquele em que Jesus Cristo registrou os nomes dos que receberam a vida eterna (ver Dn 12.1). Primariamente pelo fato de o nome de uma pessoa pode ser riscado do livro da vida, estou convencido de que o livro da vida e o livro da vida do Cordeiro não são o mesmo livro. O salmo 69.28 diz: “Sejam riscados do livro dos vivos, e não sejam inscritos com os justos”. O livro da vida é um livro que contém os nomes de todas as pessoas que já viveram. Se uma pessoa recebeu a Cristo e o Seu perdão para os pecados, o nome dessa pessoa foi indelevelmente registrado no livro da vida do Cordeiro (foi registrado com os justos) e lhe está garantida a entrada na Cidade Santa (Ap 21.27). Se a pessoa jamais clama pelo Senhor Jesus Cristo como seu Salvador, seu nome não será registrado no livro do Cordeiro e, mais tarde, será riscado do livro da vida (ver Ap 20.15).

Por Tim LaHaye

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s